GERAL

PUBLICAÇÃO: 11 DE JULHO DE 2016 - 22:38h

IFFluminense prepara Festival Nacional de Esquetes

Tradicional Fesquiff acontece no período de 20 de agosto a 25 de novembro de 2016, nos campi do Instituto. Regulamento para inscrições de esquetes está disponível.
Imprimir
A+   A-
IFFluminense prepara Festival Nacional de Esquetes

Assessoria

O segundo semestre de 2016 será de efervescência da arte no Instituto Federal Fluminense. Isto porque a quarta edição do Festival Nacional de Esquetes do IFFluminense (IV Fesquiff) traz duas novidades neste ano: será realizado de formamulticampi, com a participação das unidades sediadas nos municípios de Bom Jesus do Itabapoana, Cabo Frio, Cambuci, Campos dos Goytacazes, Itaperuna, Macaé, Maricá, Quissamã, Santo Antônio de Pádua e São João da Barra; e em datas diferenciadas em cada município, ao longo de quatro meses.

 “Após cada edição, fazemos uma avaliação do que poderia ser melhor, e o desejo de realizar o Festival em todos os campisempre foi grande”, explica Kátia Macabu, coordenadora de Políticas Culturais e Diversidade do IFFluminense. Tradicionalmente, o Fesquiff acontece no município de Campos dos Goytacazes, a cada dois anos. “Por estarmos com uma estrutura mais consolidada, do Instituto, estamos ousando, buscando a participação de grupos de teatro instituídos ao redor dos campi do IFF – locais ou regionais –, o que vai ao encontro dos objetivos do Festival, que são a formação de plateia e a integração dos campi por meio da arte”, complementa.

 Cada campus divulgará uma chamada com as datas de inscrição e de realização do evento, em consonância com o regulamento divulgado AQUI. As inscrições deverão ser feitas no site http://iv.fesquiff.iff.edu.br, conforme as orientações e no período estabelecido por cada campus. Poderão participar do Festival grupos, companhias e produções teatrais, que deverão montar um texto com duração mínima de cinco e máxima de 15 minutos.

 “Este novo formato é um desafio maior para nós, mas o site já está no ar e esperamos que haja uma grande procura de participação, o que também vai nos ajudar a fazer um levantamento dos grupos artísticos do território em que o IFFluminense está inserido, até para fomentarmos novas ações. Queremos dar voz às companhias teatrais da região”, ressalta Kátia.

 Os esquetes inscritos serão analisados e selecionados pela comissão avaliadora do IV Fesquiff, composta por um representante da Reitoria, um professor de teatro, um integrante do Grupo Nós do Teatro, um bolsista da área cultural, um representante de cada campus (avaliação local) e um convidado externo. Serão selecionados de três até 12 esquetes para apresentação nos municípios.

 Todos os participantes receberão certificados e não haverá premiação, tendo em vista ser um festival não competitivo. “A gente não entende o teatro e a arte como competição. A competição escalona em qualidade e isso só pode ser feito se as oportunidades tiverem sido iguais e sabemos que não são. A gente não quer eliminar os grupos e, sim, evidenciar as suas potencialidades”, argumenta.

 A IV edição do Fesquiff foi configurada a partir da criação da Coordenação de Políticas Culturais e Diversidade, que terá o papel de, entre outros, ampliar o comprometimento com a difusão da arte e reunir todas as pessoas envolvidas para a elaboração de projetos e prioridades.

 “É um movimento que começa com o Fesquiff e com uma nova política cultural, de forma que possamos discutir e ampliar os acessos à cultura”, diz. “O mais importante é contar com a participação de todos aqueles que estão envolvidos com arte e cultura no Instituto para promover o que já vem sendo realizado, integrar ações e possibilitar sua circulação, bem como a construção e elaboração do nosso Plano Institucional de Cultura, de forma participativa e colaborativa entre toda a comunidade”.

 O Fesquiff é organizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, por meio da Diretoria de Desenvolvimento de Políticas Estudantis, Culturais e Esportivas; da Coordenação de Políticas Culturais e Diversidade; da Câmara de Arte, Cultura e Diversidade; e do Grupo Nós do Teatro do campus Campos Centro.

 Programação: O Fesquiff terá em sua programação a apresentação de esquetes; apresentação do Grupo Nós do Teatro com duas possibilidades de peças: “Entrelaces” de Carola Saavedra e “Os inimigos não mandam flores” de Pedro Bloch; além de oficinas voltadas para artes cênicas, música, fotografia, etc. Cada campus organizará a sua programação e a divulgará em breve.

 Todas as atividades serão gratuitas para participação da comunidade interna e externa.

 Sobre o Fesquiff: O Festival Nacional de Esquetes do Instituto Federal Fluminense foi criado pelo Grupo Nós do Teatro – fundado em 1995 – e já contou com três edições: 2009, 2012 e 2014. Em cada edição há a participação de grupos da região, como também de outros estados como Minas Gerais e Espírito Santo. A cada Festival, também, a marca do Fesquiff ganha uma cor diferenciada: vermelho, azul, verde e, neste ano, quatro tons de laranja simbolizando a diversidade e sua atuação em vários municípios.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Nome: E-mail:
Cód. de Segurança:

* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.